10º Prêmio Professores do Brasil tem ação educativa sobre uso e conservação da água

Fonte: ANA

O Prêmio Professores do Brasil, uma parceria do Ministério da Educação (MEC) com a Agência Nacional de Águas (ANA) e outras instituições, abre inscrições para seleção de projetos educativos de professores da Educação Básica de estabelecimentos públicos de ensino, nas esferas federal, estaduais, distrital e municipais, entre outras. Uma das categorias de premiação, intitulada Conservação e Uso Consciente da Água, premiará até seis professores com trabalhos desenvolvidos dentro dessa temática. As inscrições para a 10ª edição do Prêmio serão aceitas pelo site http://premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br/ até o próximo dia 25 de agosto.

Em sua décima edição, o Prêmio Professores do Brasil visa a reconhecer o mérito de professores pela contribuição dada à melhoria da qualidade da Educação Básica por meio do desenvolvimento de experiências pedagógicas bem sucedidas e, entre outros objetivos, valorizar o papel dos professores como agentes fundamentais no processo formativo das novas gerações.

Este ano o Prêmio se divide em seis categorias, sendo duas de Educação Infantil (creche e pré-escola), três de Ensino Fundamental (Anos iniciais – ciclo de alfabetização, do 1º ao 3º ano; Anos iniciais – 4º e 5º anos; e Anos finais – do 6º ao 9º ano); e uma do Ensino Médio. Todas as categorias serão avaliadas em três etapas: estadual ou distrital; regional, correspondente às cinco regiões geográficas do Brasil; e nacional.

Ao todo, serão premiadas as experiências mais bem avaliadas nos seguintes quantitativos, de acordo com o regulamento do Prêmio:

I – na etapa estadual receberão uma placa em sua homenagem os professores autores selecionados entre os três mais bem avaliados, por categoria, em cada Unidade da Federação (UF), totalizando 486 premiados. Desse total, 162 relatos que se destacarem como os melhores de suas categorias em cada UF passarão à fase de avaliação regional;
 
II – na etapa regional serão premiados 30 professores, sendo um por categoria de cada região geográfica, que receberão, cada, R$ 7 mil, além de troféu e viagem para a Irlanda, para participar de uma capacitação custeada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC);

III – na etapa nacional, além dos prêmios recebidos nas etapas anteriores, os seis professores autores dos melhores relatos de prática pedagógica, dentre os 30 classificados na etapa regional, um de cada categoria, receberão adicionalmente um troféu e R$ 5 mil cada.

A iniciativa selecionará adicionalmente, dentre os 162 relatos de prática pedagógica oriundos das etapas estaduais/distrital, os melhores trabalhos que apresentem relação com uma das quatro temáticas especiais a seguir: i) Esporte como estratégia de aprendizagem; ii) Conservação e uso consciente da água; iii) Estímulo ao conhecimento científico por meio da inovação; e iv) Uso de Tecnologias de Informação e Comunicação no processo de inovação educacional. Os relatos selecionados nesta etapa receberão premiações especiais, como, por exemplo, o direito a apresentação da experiência exitosa no 8º Fórum Mundial da Água, que será realizado no período de 18 a 23 de março de 2018, em Brasília, para aqueles trabalhos relacionados à temática especial Conservação e uso consciente da água.

Leia o texto completo no site da ANA

 

  • jun 1 2017