Especial doutor José Rodrigues Coura 90 anos: Uma homenagem da Obsma

Por Anna Carolina Düppre - Assessoria de Comunicação Obsma

Na foto, equipe chegando a Manaus-AM de barco, voltando do município de Barcelos-AM. Da esquerda para a direita: Ariane Mondo (Obsma/Fiocruz), Amanda Coutinho (IOC/Fiocruz), dra. Ângela Junqueira (IOC/Fiocruz), dr. José Rodrigues Coura (IOC/Fiocruz), Olga D'Arc (servidora aposentada da Fiocruz Amazônia), dra. Cristina Araripe (Obsma/Fiocruz), Rita Bacuri (Obsma/Fiocruz) e Jefferson Campos (Obsma/Fiocruz). Maio de 2015. Foto: divulgação Obsma

Além das homenagens prestadas pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) — leia a 1ª reportagem, 2ª reportagem e 3ª reportagem —, nós da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma/Fiocruz) nos mobilizamos para celebrar também o aniversário de 90 anos do pesquisador emérito da Fiocruz doutor José Rodrigues Coura. Especialmente porque, em 2014, o Laboratório de Doenças Parasitárias do IOC/Fiocruz, chefiado por ele, estabeleceu com a Obsma uma parceria que permitiu a elaboração de um conjunto de atividades pedagógicas não apenas voltadas a alunos e professores da educação básica, como já vem sendo nossa proposta, mas também de divulgação científica em diferentes espaços e perspectivas conceituais envolvendo, sobretudo, a comunicação pública da ciência para profissionais da saúde e comunidade como um todo.

“Para fornecermos a melhor capacitação a esse público, faz grande diferença podermos contar com a colaboração de pesquisadores que estudam, conhecem profundamente e investigam as mais diversas dimensões da saúde em uma determinada região. É o caso das pesquisas do doutor José Rodrigues Coura na Amazônia, onde doenças parasitárias como Chagas e malária assolam há décadas as populações locais”, destaca Cristina Araripe, coordenadora nacional da Obsma.


Equipe Olímpica na aula sobre doença de Chagas ministrada pelos pesquisadores do Laboratório de Doenças Parasitárias do IOC/Fiocruz, em fevereiro de 2015. Foto: Ariane Mondo

Assim, iniciamos as atividades de 2015 recebendo doutor Coura e a equipe do Laboratório para nos darem uma aula sobre doença de Chagas. Esta capacitação serviria como base para as Oficinas Pedagógicas da Obsma na região amazônica do Médio Rio Negro. Na ocasião, Coura, dra. Ângela Junqueira e Amanda Coutinho (à época, estudante de doutorado em Medicina Tropical) estiveram com a equipe da Olimpíada na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) para apresentar as principais questões sobre a enfermidade.

Os especialistas explicaram que uma das formas mais comuns de os triatomíneos, conhecidos popularmente como barbeiros, chegarem até o homem é quando o espaço físico apresenta profundo desequilíbrio ecológico. Essa situação afasta os animais silvestres que antes eram fontes naturais de alimento para o inseto hematófago (que se alimenta do sangue de mamíferos), consistindo em um cenário em que saúde e meio ambiente se desequilibram mutuamente. Então, os barbeiros acabam se adaptando ao domicílio humano e, quando infectados com o parasita Trypanossoma Cruzi, transmitem a doença por meio das fezes que depositam ao picarem alguém.


Doutor Coura ministra aula sobre doença de Chagas com pesquisadores do Laboratório de Doenças Parasitárias do IOC/Fiocruz, em fevereiro de 2015. Foto: Ariane Mondo

No entanto, eles chamaram atenção de que a infecção pelo parasita ocorre também por outros meios, como transfusão de sangue, durante o parto, transplante de órgãos e ingestão de bebidas e alimentos infectados. Inclusive, esta última estava compondo um cenário específico da região amazônica, como nos apresentou Ângela Junqueira, devido a um grande aumento no número de casos da doença no mesmo período e na mesma região, onde são típicos o extrativismo de piaçaba (fibra utilizada na confecção de vassouras e artesanato) e o consumo de açaí fresco. Leia mais informações na reportagem sobre a aula.

 

Dr. Coura ministra palestra em escola de Barcelos-AM, em maio de 2015. Foto: divulgação Obsma

Poucos meses depois, estando atualizados e prontos para trabalhar as informações compartilhadas conosco pelo Laboratório, a Obsma partiu para a ação com as Oficinas Pedagógicas sobre Chagas no Amazonas, também em parceria com pesquisadores do Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia). Levamos atividades aos municípios de Barcelos e Novo Airão, acompanhados pela equipe do Laboratório, e tivemos oportunidade de contar com a presença de profissionais de saúde, professores, estudantes e população em geral.

Paralelamente, os pesquisadores do IOC/Fiocruz desenvolviam atividades educativas com Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Controle de Endemias (ACE) daqueles municípios, além de visitar e orientar batedores de açaí e pessoas que trabalhavam com a piaçaba sobre a doença de Chagas.

Leia a reportagem sobre as atividades na Amazônia em parceria com o IOC/Fiocruz

 

“A participação do doutor Coura como professor convidado naquelas Oficinas Pedagógicas de 2015 representou para nossa equipe a culminância de um trabalho colaborativo que nos ensinou muito sobre as principais doenças que precisam ser enfrentadas pelas equipes do SUS [Sistema Único de Saúde] na região”, diz Cristina Araripe. Ela recorda também que ficou admirada com a dedicação do médico: “Na época, já aos 88 anos, doutor Coura ainda fazia pesquisas na região e até foi à emissora de rádio local para responder perguntas dos ouvintes sobre doença de Chagas. Foi muito interessante conhecer a atuação dele.”

No dia 14 de junho deste ano, agradecendo às inestimáveis contribuições com a Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente, Cristina Araripe e Rita Bacuri (coordenadora da Regional Norte da Obsma) entregaram ao doutor José Rodrigues Coura, durante o evento que celebrou seu aniversário, uma placa comemorativa em nome de toda a Equipe Olímpica:

Foto: divulgação IOC/Fiocruz

 

A Obsma e toda a Fundação Oswaldo Cruz parabenizam e agradecem por toda a dedicação e empenho do doutor Coura em prol da saúde pública brasileira!

 

Veja outras fotos desta parceria na galeria abaixo. Clique nas imagens para poder ampliá-las.

 

Galeria de Fotos: 
  • jun 22 2017