Oficinas em Natal atraem grande número de professores

Texto e fotos: Ariane Mondo - Ascom/Obsma

As oficinas pedagógicas da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente/Obsma foram parar na esquina do Brasil! De 30 de setembro a 02 de outubro, professores da rede básica de Natal e cidades do entorno participaram das atividades olímpicas no Cemure (Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves) em duas turmas, uma matutina e outra noturna. Com Zulma Medeiros, pesquisadora da Fiocruz Pernambuco e coordenadora da Regional Nordeste I da Obsma, os educadores das redes municipal e estadual puderam observar os diálogos possíveis entre Saúde e Meio Ambiente nas escolas. Além disso, eles entenderam melhor quais são as três modalidades da Obsma nas respectivas oficinas: Produção de Texto, com Ana Lúcia Soutto Mayor, pesquisadora da Fiocruz e colaboradora da Obsma; Projeto de Ciências, com Cristina Araripe, pesquisadora da Fiocruz e coordenadora nacional da Obsma; Produção Audiovisual, com Ariane Mondo, documentarista e Assessora de Comunicação da Obsma. A bolsita da Regional Nodeste I, Mércia Santana, apoiou as atividades da equipe olímpica em Natal. As oficinas pedagógicas da Olimpíada na capital potiguar contaram com a parceria da Secretaria de Educação de Natal e apoio da Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte. Essas atividades são realizadas no Brasil com o apoio do CNPq e Capes/Mec.

Secretária de Educação de Natal elogia as atividades

Justina Iva, Secretária de Educação de Natal, fez a abertura das atividades da Olimpíada no primeiro dia e reconheceu a importância dessa parceria para estimular a participação de professores e alunos potiguares em Olimpíadas Científicas de um modo geral. Ela lembrou que em 2014, um aluno da cidade recebeu medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Na cidade, a equipe olímpica também aproveitou para conhecer o Centro de Educação Científica Escola Alfredo J. Monteverde e pôde visitar algumas das oficinas realizadas na unidade de Natal. Todos os alunos participantes são de escolas públicas e participam de atividades no período contrário ao que frequentam a escola regular (em breve haverá uma matéria sobre essa visita da equipe olímpica).

Confira abaixo uma entrevista da Secretária Justina Iva sobre as oficinas pedagógicas realizadas em Natal:

Sobre as Oficinas da Olimpíada

As oficinas pedagógicas da Obsma são oferecidas a educadores interessados em abordar as temáticas de saúde e meio ambiente em sala de aula, utilizando recursos relacionados a projeto de ciências, produção de texto e produção audiovisual, que são as três modalidades da Obsma. As oficinas são pensadas como uma ação para sensibilizar professores de todo o Brasil, ao diálogo que pode haver entre a educação e os temas saúde e meio ambiente.

Em 2015, a equipe olímpica vai realizar doze oficinas pedagógicas em todo o Brasil e já esteve, além de Natal (RN), em Belo Horizonte (MG), Três Rios (RJ), Barcelos (AM), Novo Airão (AM) - http://www.olimpiada.fiocruz.br/oficinasAM - e na Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada no mês de julho, em São Carlos (SP) -  http://www.olimpiada.fiocruz.br/sbpc2015 .

No ano passado o projeto das oficinas pedagógicas levou equipes multidisciplinares de profissionais a oito cidades: Petrópolis (RJ), Sobral (CE), Brasília (DF), Palmas (TO), Rio Branco (AC), Maceió (AL), Niterói (RJ) e Rio do Sul (SC).

Veja abaixo algumas imagens das oficinas de Natal (clique nas fotos para ampliá-las):

Galeria de Fotos: 
  • out 7 2015